Empacotamento: como aumentar a precisão no processo?

Processo de empacotamento

A precisão no processo de empacotamento é fundamental para garantir a qualidade e a preservação das propriedades dos produtos alimentícios. Qualquer falha durante essa etapa pode ocasionar riscos ao produto, ao consumidor e à indústria.

Deseja entender mais sobre o assunto? Então continue a leitura! Neste texto reunimos as principais informações sobre o empacotamento e dicas de como garantir a precisão no processo.

Veja a seguir!

Por que aprimorar o processo de empacotamento?

O processo de empacotamento é essencial para garantir a preservação completa do produto. Essa tende a ser uma das etapas mais importantes de toda a operação de fabricação. 

Ou seja, a atividade é responsável por proteger o produto alimentício de elementos como: 

  • Luz; 
  • Oxigênio; 
  • Umidade; 
  • Odores; 
  • Perda de valor nutricional e aroma; 
  • Contaminação microbiológica e outros. 

Logo, garante que o alimento atinja a vida útil desejada e planejada. A preocupação aqui precisa ser quanto à conservação do produto e eliminação de desperdícios.

Para isso, deve-se estar atento às soldas, avaliando se estão selando a embalagem corretamente. Além disso, nesse processo é necessário garantir:

  • Padronização dos pacotes;
  • Integridade da embalagem;
  • Precisão na pesagem.

Importante mencionar que o processo de empacotamento também se resume à segurança! A embalagem perfeita evita o contato com substâncias que podem causar efeitos à qualidade do produto. E, principalmente, à saúde do consumidor. 

Por isso, existem normas específicas que visam assegurar os padrões mínimos desse processo para proteger o cliente e a inocuidade do produto. 

Entenda os efeitos da embalagem insegura à saúde pública

O processo de empacotamento deve estar em concordância com as exigências de segurança, dos clientes e do mercado. A falta de cuidado nesta operação pode ocasionar a contaminação dos alimentos, impactando na saúde do consumidor

Imagine o seguinte cenário: o controle de qualidade de uma indústria de alimentos funciona perfeitamente nos demais processos de fabricação, menos na etapa de finalização. 

Esse gargalo já é o suficiente para o desenvolvimento de possíveis surtos de doenças devido à ingestão de produtos inseguros. 

As Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar (DTHA) são síndromes despertadas pelo consumo de alimentos contaminados. Seja por bactérias, toxinas, vírus, parasitas, oportunistas e/ou substâncias químicas. 

Conforme dados citados pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), 77 milhões de pessoas sofrem com doenças transmitidas por alimentos a cada ano, nas Américas.

Para acrescentar, cerca de 600 milhões de pessoas no mundo adoecem devido a ingestão de alimentos inseguros. 

Em conclusão, o processo correto de empacotamento garante a proteção necessária para que o alimento não entre em contato com agentes contaminantes. Esse é o momento de garantir a conservação e durabilidade dos mesmos.

É preciso considerar que a logística e a exposição na prateleira, por exemplo, propiciam a insegurança dos alimentos. O que, consequentemente, aumenta as possibilidades de surtos de doenças transmitidas por alimentos.

Como aumentar a precisão no processo de empacotamento?

A precisão no empacotamento é fundamental para assegurar a qualidade e inocuidade dos alimentos. No entanto, o processo ainda pode contar com certas dificuldades, erros e gargalos que prejudicam o resultado final. 

Muito disso se dá a falta de precisão na pesagem, padronização e automatização no processo devido à resistência à tecnologia por parte das indústrias.

Porém, o processo de empacotamento manual é responsável pela falta de precisão e qualidade na etapa. Afinal, os erros humanos tendem a ser os maiores causadores de adversidades nesse processo. 

O que resulta em paradas inesperadas, perdas de material, desperdício de tempo, gastos desnecessários, retrabalhos e até insegurança.

E os obstáculos podem acontecer por distrações, falta de atenção e produtividade, lapsos de memória e outros diferentes motivos. Portanto, é essencial o uso de ferramentas tecnológicas e atualizadas para a garantia da qualidade dessa etapa.

Logo, é importante contar com empacotadoras automáticas para assegurar velocidade e praticidade ao processo. Elas são capazes de promover alta precisão na dosagem e padronização de pacotes, evitando desperdícios. 

Além da empacotadora automática, os dosadores e controladores de peso também são responsáveis pela precisão no processo de empacotamento.

Próximo passo

Como abordado ao longo do conteúdo, o processo de empacotamento corresponde à etapa de finalização da fabricação de um alimento, sendo responsável principalmente por conservar o produto e evitar contaminações, preservando a saúde do consumidor.

Para garantir a padronização e precisão no processo de empacotamento, é necessário planejar o investimento em inovação e automação.

Na Tecnotok asseguramos soluções personalizadas em empacotamento! Disponibilizamos ao mercado, há mais de 22 anos, máquinas com a mais alta tecnologia e desempenho. Nossos projetos estão presentes em 38 países!

Conheça mais dos nossos equipamentos e nossa expertise, clique aqui e acesse o nosso site.

Conheça as soluções em empacotamento, enfardamento e paletização da Tecnotok! Clique na imagem e acesse o catálogo

Compartilhar:

Assine a Newsletter

Ao informar seus dados, você aceita receber comunicações.

Conheça as soluções Tecnotok: empacotamento, enfardamento e paletização

A seleção das máquinas de empacotamento, enfardamento e paletização possuem impacto direto no desempenho da linha de produção e na qualidade final do produto.  Pensando

Máquina enfardadora automática: 7 vantagens para a indústria

Se a indústria procura aumentar o ritmo da produção, sem afetar em nada a qualidade ou os gastos, a máquina enfardadora é a solução perfeita!

Empacotamento: como aumentar a precisão no processo?

A precisão no processo de empacotamento é fundamental para garantir a qualidade e a preservação das propriedades dos produtos alimentícios. Qualquer falha durante essa etapa

Categorias